EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

 

O Diretor Presidente do Sindicato dos Eletricitários do Sul de Minas Gerais – SINDSUL, o Sr. João Wayne Oliveira Abreu, no uso das suas atribuições legais e estatutárias, deixa público e convoca todos trabalhadores e trabalhadoras, associados e representados por essa entidade, a participarem das Assembleias Gerais Extraordinárias, para deliberarem sobre os assuntos listados abaixo:

1.     Discussão e deliberação sobre a pauta de reivindicações a ser apresentada a Cemig para renovação do ACT 2021/2022;

 

2.     Autorização para celebrar Acordo Coletivo e, se frustradas as negociações, instaurar Dissídio Coletivo, bem como instaurar processos administrativos pertinentes;

 

3.     Deliberação e programação de estratégias e medidas de mobilização e defesa da categoria profissional durante o processo de negociação;

 

4.     Outros assuntos e deliberações de interesse da categoria.

 

Por imposição da Cemig que não autorizou a realização das assembleias presenciais ou virtuais durante o horário de trabalho, dificultou o acesso aos trabalhadores. E atendendo a orientação ao isolamento social, requerido pela pandemia COVID 19, as assembleias serão realizadas de forma virtual, através do aplicativo de reuniões “Zoom Meetings”, conforme calendário abaixo:

®     Dia 17/09/2021 – 07h

®     Dia 17/09/2021 – 11h45m

®     Dia 17/09/2021 – 18h

®     Dia 20/09/2021 – 07h

®     Dia 20/09/2021 – 11h45m

®     Dia 20/09/2021 – 18h30m

 O link para acesso a assembleia será disponibilizado via e-mail e WhatsApp nos dias anteriores a realização.

 

PRÉ – PAUTA DE REIVINDICAÇÕES ACT 2021/2022 CEMIG:      

Terça-feira, 14 de setembro de 2021

Estamos aproximando do período de negociações do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2021/2022, solicitamos a todos(as) trabalhadores(as) que nos enviem sugestões para elaborarmos a pauta de reinvindicação a ser apresentada à Cemig no momento oportuno.  

Enviem as sugestões para: pousoalegre@sindsul.org.br

1. Reajuste pelo INPC do período de 01/11/2020 a 31/10/2021.

2. Aumento real de 10% no salário reajustado. 

3. Reajuste automático sempre que inflação acumulada atingir 3%.

4. Aumento do TICKET para 1.600,00 reais, sem coparticipação. 

5. Reajuste das demais cláusulas econômicas desse acordo, conforme itens 1 e 2.

6. Abono de 2.000,00 reais, nos meses de dezembro/21, março/22, junho/22 e setembro/22, totalizando 8.000,00 reais.

7. Manutenção das conquistas anteriores a este acordo coletivo, salvo no que for alterado pela presente pauta de reivindicações.

8. Aumento do limite da refeição para 50,00 reais de almoço, 80,00 reais de jantar, 10,00 reais de lanche e a unificação dos valores em diárias.

9. Isenção de até 100Kwh mensais por empregado.

10. Regulamentação do trabalho home office e implantação de ajuda de custo (home office) de 200,00 reais.

11. Horário flexível no interior.

12. Redução da carga horária semanal para 37,5 horas, sendo 7,5 horas diárias, sem que haja redução de salários.

13. Negociação do Plano de Cargos e Carreiras, visando a celebração de acordo específico.

14. Primarização das atividades fim.

15. Revisão e publicidade do QBP – Quadro Base de Pessoal e contratação de pessoal para adequação do quadro funcional, com melhor distribuição de tarefas.

16. Plano de desligamento a pedido da entidade sindical, contemplando aviso prévio indenizado e multa de 40% de fundo de garantia.

17. Prêmio Aposentadoria, sem delimitação de tempo após a concessão do benefício, pagamento de 0,5 (meia) remuneração por ano trabalhado.

18. Demissão por comum acordo, com verbas rescisórias conforme legislação.

19. Participação das entidades sindicais, nas sindicâncias abertas pela empresa para apuração de possível falta grave de trabalhadores.

20. Suspensão da IP 4.1.

21. Casos omissos no ACT sejam regulamentados pela constituição, CLT, e demais leis vigentes. 

22. Liberação dos empregados para participação em assembleias sem que sejam descontadas as horas.

23. Retorno da liberação de mais 01 (um) dirigente sindical. 

24. Acordo coletivo para 02 anos, com reajuste de clausulas econômicas pelo INPC do período de 01/11/2021 a 31/10/2022.

25. Unificação da pauta de reinvindicações.

 

  

 

Posts Recentes