CONSELHO CEMIG SAÚDE: A PERMANÊNCIA DO NOSSO CONSELHEIRO

 

 Conforme já informamos, nesta segunda (30) está convocada reunião extraordinária do Conselho Deliberativo da Cemig Saúde

 

 

Vivemos dias tenebrosos!  Será deliberada a criação de novos planos, extinguindo a Cemig Saúde como a conhecemos hoje.

Para piorar a situação, em assembleia realizada em 2 de maio pelas patrocinadoras da Cemig Saúde, foi deliberada, de forma unilateral e irregular, a alteração do Estatuto da entidade, concedendo ao presidente o voto de qualidade/minerva, o que desequilibrou a correlação de forças dentro do Conselho. Isso aconteceu sem aprovação prévia do Conselho.

Entendemos que a renúncia coletiva seria a única opção que nos restava para que não fosse votado o novo plano pondo fim ao plano atual. Sabemos que a renúncia coletiva não resolveria de vez essa questão, mas geraria um fato novo que nos daria mais tempo e possibilidades de novas movimentações com chance de êxito.

No entanto o Sindieletro, AEA e ABCF, de forma isolada e atropelando as demais entidades, entram com ações que até o momento não lograram êxito, passando a depender da geração do fato, ou seja, que a Cemig utilizasse o voto de qualidade (minerva), para terem alguma chance na sua aventura jurídica.

Foram feitas várias tentativas pelo Sindsul para que houvesse uma renúncia coletiva, no entanto não houve consenso entre as entidades e consequentemente entre os conselheiros. Sendo assim, o conselheiro Waner Luís da Silva Santos, mesmo entendendo que a única e melhor opção seria a renúncia coletiva e considerando que a sua renúncia individualizada não geraria o peso necessário para reverter essa situação, e atendendo aos anseios daqueles que o elegeu, optou por se manter no conselho.

Waner, portanto, participará da reunião de hoje 30/5, conforme a estratégia encabeçada pelo Sindieletro, AEA e ABCF, torcendo por um desfecho favorável após uma decisão camicase dessas entidades, que estão iludidas na expectativa de uma complacência da justiça, com inclinação patronal, para com os trabalhadores ativos e aposentados.

Ao final do dia saberemos o tamanho do estrago causado aos aposentados e ativos pela falta de atitude dessas entidades.

  

Filie-se   aposentados R$16,20 por mês.

 

Cadastre-se sem custo que entraremos em contato.

 

Fale conosco:  

          

João Wayne  (35) 9 9816 2222 – jw@sindsul.org.br

 

Gleison (35) 9 9969 7226  – gleison@sindsul.org.br

Santarosa (35) 99968 13301 santarosa@sindsul.org.br